Como Emagrecer Fazendo Reeducação Alimentar

Como Emagrecer Fazendo Reeducação Alimentar

A reeducação alimentar é o segredo para emagrecer sem voltar a engordar e sem a necessidade de restringir do seu cardápio os alimentos de que mais gosta.

A questão chave é ter medida evitando assim o consumo exacerbado dos itens que não são tão saudáveis.

Para emagrecer não é necessário realizar cirurgias bariátricas, recorrer a remédios ou outros métodos que não sejam naturais.

Como Emagrecer Fazendo Reeducação Alimentar

O mais importante é que a mudança de hábitos favorece o emagrecimento duradouro.

Para quem já se convenceu do quanto é importante rever os seus hábitos alimentares para emagrecer e ter mais saúde, mas não sabe como implantar a reeducação alimentar na sua vida recomendamos que leia com atenção os itens que listamos abaixo.

Que tal começar a transformar a sua vida agora mesmo?

Dicas de como emagrecer através da reeducação alimentar

Aprenda como implementar a reeducação alimentar no seu dia a dia para emagrecer de forma natural.

As dicas abaixo vão te ajudar a promover uma grande mudança em sua rotina para se tornar mais saudável e com chances de eliminar os quilinhos extras.

1- Tenha o hábito de comer a cada 3 horas

De acordo com nutricionistas o ideal é comer a cada 3 horas para manter o nível de glicose no sangue estável permitindo maior concentração na escola ou no trabalho.

Além disso, essa periodicidade garante que se tenha menos fome ao longo do dia evitando assim comer demais.

Obviamente em cada uma das refeições é essencial optar por alimentos mais leves como frutas, verduras, iogurte natural, grãos, oleaginosas, massas e pães integrais, carnes magras como peixes e assim por diante.

Evite os alimentos industrializados que são ricos em gorduras trans.

2- Beba pelo menos 2 litros de água diariamente

A água é essencial para promover o processo de limpeza e desintoxicação do organismo.

O recomendado é beber entre 1,5 e 2 litros diariamente para garantir que seu corpo trabalhe com assertividade.

Se você acha que não conseguirá beber toda essa água pode usar o truque de espremer meio limão ou colocar um pedacinho de gengibre dentro da garrafa de água, assim pode ir bebendo alguns goles ao longo do dia.

O gengibre ajuda a acelerar o metabolismo, o limão por sua vez promove limpeza.

Também é possível beber chá sem açúcar para, mas nada de refrigerante ou sucos industrializados.

3- Experimente os mesmos alimentos várias vezes

Recomendamos acima reduzir ao máximo a quantidade de alimentos industrializados.

Conforme o tempo for passando você sentirá que os alimentos naturais como frutas, legumes e verduras passarão a ter um gosto mais intenso e interessante.

Isso acontece porque seu organismo estará desintoxicado da presença de aromatizantes e intensificadores de sabores.

O seu paladar irá se transformar com o passar do tempo permitindo uma melhor adaptação à reeducação alimentar.

Inclua em sua rotina alimentar pelo menos duas frutas por semana.

Se tiver algum alimento com o qual você não esteja conseguindo se adaptar nessa rotina recomendamos testar novos tipos de preparo e ir provando em diferentes momentos, pois somente assim você terá certeza que sentiu o gosto verdadeiro.

4- Sugestão de cardápio para reeducação alimentar

Vamos dar três opções para cada refeição do dia para quem deseja estabelecer uma alimentação balanceada e rica em vitaminas e minerais.

Contudo, é essencial dizer que você pode alterar as opções do cardápio para encontrar aquela que se adapta melhor ao seu gosto e sua rotina.

Café da manhã

– 1 iogurte natural + 3 morangos + 2 colheres de sopa de granola.

– 1 pão integral + 1 fatia de queijo branco.

– 2 torradas + 1 copo de suco natural de laranja.

Lanche da manhã

– 1 pera + 1 fatia de queijo branco.

– 1 iogurte natural com mel.

– 3 bolachas de água e sal + 1 xícara de chá preto sem açúcar.

Almoço

– Repolho refogado + 1 batata cozida + 2 colheres de arroz integral + 1 ovo cozido.

– 1 fatia de 150 gramas de frango grelhado + 2 colheres de sopa de arroz integral + refogado de tomate, berinjela e cebola.

– 1 fatia de peixe grelhado com 150 gramas + salada de pimentão, milho e couve roxa + 2 colheres de sopa de arroz integral.

Lanche da tarde

– 2 torradas com queijo branco.

– 1 iogurte natural com 2 colheres de sopa de flocos de aveia.

– 2 nozes + 2 bananas.

Jantar

– 1 posta de salmão grelhado + 1 colher de sopa de arroz integral + brócolis cozido e temperados com 1 colher de azeite de oliva extravirgem.

– 1 posta de pescada cozida + 1 batata cozida + couve-flor cozida e temperada.

– 1 fatia de frango grelhado + batatas e cenouras assados no forno.

Ceia

– 1 iogurte natural com mel.

– 2 torradas + chá de hortelã.

– 1 fatia de pão integral + queijo branco + suco de laranja sem açúcar.

É importante ressaltar que o emagrecimento é uma consequência de um estilo de vida saudável.

Além disso, sempre é possível abrir algumas exceções para incluir de vez em quando um hambúrguer com batata frita e uma sobremesa, o mais importante é que seja exceção e não a regra.

Veja também:  4 Dicas certeiras para ajudar no emagrecimento

Gostou dessas dicas de como passar por um processo de reeducação alimentar?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *