perigos da soja

Perigos da Soja

A soja faz parte da sua rotina alimentar? Seja na forma de grão, de leite, de carne ou outra? Se a resposta foi sim é importante que você conheça alguns dos perigos da soja que podem prejudicar a sua saúde.

É importante ressaltar que a indústria, incluindo a alimentícia, investe em publicidade de alguns produtos que deseja difundir entre os consumidores e por isso há uma intensa ‘campanha’ a favor da soja apontando apenas os seus benefícios.

Trata-se realmente de um alimento com baixa glicemia e quantidade elevada de proteínas, no entanto, ainda assim guarda alguns riscos para quem consome com frequência.

perigos da soja

A seguir vamos falar um pouco mais sobre esses perigos da soja que podem fazer muito mal a sua saúde. Leia e avalie o quanto vale a pena manter o consumo cotidiano do grão.

Quais são os principais perigos da soja oferece?

Veja quais os principais perigos que cercam os grãos de soja e depois analise se vale ou não continuar consumindo esse alimento. 

– Dificuldade para absorver minerais

Alimentos derivados de soja que não são fermentados possuem fitatos ativos, elementos que impedem que seu organismo absorva os nutrientes provenientes dos alimentos como deveria para armazenar proteínas.

Além disso, a soja pode ter ainda inibidores de tripsina que podem acarretar em problemas intestinais e digestivos.

– Quantidade elevada de fitoestrogenos

A soja possui quantidade elevada de fitoestrogenos que são também chamados de isoflavonas.

Você já deve ter ouvido falar bem a respeito dessas moléculas que se assemelham ao estrogênio, mas saiba que na verdade elas podem causar sérios problemas para o seu organismo.

Para se ter uma ideia isoflavonas atuam como pesticida em animais podendo acarretar em infertilidade, fadiga, ganho de peso, hipotireoidismo, constipação entre outros problemas.

Um estudo realizado em 1992 estimou que em 100 gramas de proteína de soja há a concentração de uma pílula anticoncepcional.

– Quantidade elevada de goitrogênicos

Para entender porque goitrogênicos são ruins para a saúde basta citarmos que eles contribuem para o seu mau humor, menos resistência imunológica, aumento de peso e sensação prolongada de fadiga.

Um estudo realizado em 1997 concluiu que o goitrogênico em maior quantidade na soja são justamente as isoflavonas.

– Proteína isolada da soja

Ter uma grande quantidade de proteína isolada da soja no seu organismo é um grande risco, pois faz com que seu corpo passe a necessitar mais de vitaminas como a B12, E, K e D assim como minerais com destaque para manganês, potássio, ferro, zinco, cobre entre outros.

Estudos práticos demonstraram que animais alimentados com essa proteína apresentaram maior concentração de gordura no fígado e tireoide aumentada.

– Prejuízos para a saúde dos bebês

A fórmula infantil a base de soja pode ser bastante prejudicial para a saúde das crianças sendo que tem como uma de suas principais características ser rica em alumínio.

Um estudo detectou que meninas de até 2 anos de idade que foram alimentadas com essa fórmula apresentaram um aumento considerável do tecido mamário em comparação com aquelas que foram alimentadas com leite materno.

Há evidências também de que o consumo dessa fórmula pode fazer com que as meninas tenham mais dores durante o período menstrual quando se tornarem adultas.

– Inflamação

A soja é rica em ômega-6, esses ácidos graxos, embora sejam saudáveis em algum grau não devem ser consumidos em grande quantidade para não causar inflamação dos órgãos.

O consumo recorrente dessas gorduras poli-insaturadas pode acarretar em outros problemas consideráveis.

– Desconfortos abdominais

Como boa parte dos grãos, a soja, é rica em fibras insolúveis que em grande quantidade podem causar desconfortos abdominais como flatulência e até episódios diarreicos.

Os problemas dessa natureza costumam se mostram mais recorrentes e comuns em pessoas que tem sensibilidade.

Vídeo do Dr Gabriel Azzini sobre os motivos para não consumir soja

– Praticamente 90% da soja brasileira é transgênica

Como ainda não faz um tempo muito longo que se está produzindo soja transgênica não há como afirmar se há ou não algum tipo de consequência para a saúde a longo prazo.

Contudo, os cientistas alertam para o risco de consumir alimentos geneticamente modificados a longo prazo.

Dentre os problemas que tem se mostrado mais recorrentes destacamos deficiência de níveis hormonais, aumento do nível de toxicidade nos órgãos assim como infertilidade.

Se você puder optar por não incluir esse alimento em sua dieta e ficar livre dos perigos da soja, tenha certeza que esse será um grande ganho.

Gostou das dicas? Comente aí se você gosta de soja ou não…

5/5 - (1 vote)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *